Uma viagem única: Inhotim/MG

Férias (ou não), verão, sol, alegria, nada mais propício do que falar sobre um tema que tod@s amamos: VIAJAR!

O ano está no comecinho e repleto de feriadões, ou seja, vamos ter algum tempinho para visitarmos novos lugares, conhecermos culturas diferentes e apreciarmos a natureza, e nada melhor do que viajar, não é mesmo?

Por isso, hoje trago uma super dica para vocês que gostam de arte, novas experiências e, para completar, amam estar em meio à belezas naturais.

O INHOTIM, é uma instituição cultural que abriga diversas obras contemporâneas misturadas com uma das mais belas arquiteturas naturais e artificiais em uma área de 100 hectares. O lugar fica localizado no município de Brumadinho, Minas Gerais, e conta com inúmeras obras de artistas brasileiros e internacionais. Para vocês terem uma ideia, fui dois dias inteiros e ainda não consegui ver todas, isso porque o espaço é muito grande e, muitas vezes, uma obra fica bem distante de outra. Para quem não quer caminhar muito ou quer conhecer tudo, a dica é pegar o famoso carrinho do ‘projac’ hahaha Vocês pagam um preço X para andar o dia inteiro, porém, nada se compara com as trilhas à pé 😉

DSC01429

Sem título de Edgard de Souza, 2000
Sem título de Edgard de Souza, 2000
Inmensa de Cildo Meireles, 1982
Inmensa de Cildo Meireles, 1982
Beam drop Inhotim, de Chris Burden, 2008
Beam drop Inhotim, de Chris Burden, 2008
Essa árvore longa anda e ela já apareceu no fantástico/globo repórter. Quando me falaram eu fiquei observando kkk mas isso não é perceptível em um dia.
Essa árvore longa anda e ela já apareceu no fantástico/globo repórter. Quando me falaram eu fiquei observando kkk mas isso não é perceptível em um dia.
Galeria True Rouge de Tunga, 2006
Galeria True Rouge de Tunga, 2006
Troca- Troca de Jarbas Lopes, 2002
Troca- Troca de Jarbas Lopes, 2002
Galeria Adriana Varejão de Adriana Varejão, 2008
Galeria Adriana Varejão de Adriana Varejão, 2008
Elevazione de Giuseppe Penone, 2000
Elevazione de Giuseppe Penone, 2000
Beehive Bunker de Chris Burden, 2006
Beehive Bunker de Chris Burden, 2006
A Origem da Obra de Arte de Marilá Dardot, 2002
A Origem da Obra de Arte de Marilá Dardot, 2002
Eu, escrevendo no meu caderno de campo, depois de sair de uma das minhas obras favoritas, Galpão Cardiff & Miller, de 2009.
Eu, escrevendo no meu caderno de campo, depois de sair de uma das minhas obras favoritas, Galpão Cardiff & Miller, de 2009.

Muitas obras não podem ser fotografadas, por isso, o que mostrei aqui não é nem a metade da metade de tudo o que tem lá. Algumas que eu super indico são:

– A Cosmococa, de Hélio Oiticica, é uma das mais interativas! Tem rede, vídeos, chão de espuma com bolas enormes para jogar, tem piscina (aaai, quero voltar buáa).

Galeria Cildo Meireles é composta por três espaços: Através, Desvio para o vermelho e Glove Trotter. Indico, principalmente, o desvio para o vermelho, que é uma sala com a decoração toda monocromática, minuciosa em cada detalhe e surpreendente.

– A Piscina de Jorge Macchi tem escadas como se fosse uma agenda telefônica, e podemos tomar banho de verdade (a da Cosmo também)!

Enfim, tem muitas obras incrívelmente reflexivas e bacanas de serem exploradas e visitadas! Minha dica é vá em um dia bonito, vá cedo, leve protetor, biquíni/sunga, toalha, lanche e água! E aproveitem muito cada obra, a natureza, os espaços, reflitam, e vivam cada momento lá, porque é realmente maravilhoso e único!

Qualquer dúvida que tenha ficado, postem nos comentários que eu respondo com prazer 😀

Obs: algumas fotos foram tiradas pel@s amig@s 😉

Um beijão e ótima semana!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s